quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Não teve palavras...


Imagem do Google


Pegou-me nos braços e levou-me diretamente para seu quarto. Não teve palavras, somente queríamos extravasar aquilo que estava guardado há tanto tempo.
Meu corpo pedia, ansiava por seus carinhos, mas ele queria prolongar mais e eu pegava em seus cabelos quase selvagemente  para que não prolongasse essa loucura.
Meu corpo ansiava pelo dele, mas ele queria tocar em cada parte do meu corpo como se fosse a primeira vez.
Entregamos-nos a essa paixão alucinante e deixamos que nossos corpos buscassem freneticamente a explosão que tanto fizeram falta até que nossos corpos suados e exaustos ficassem inertes.
Lembro- me agora perfeitamente de tudo.
Ficamos ali abraçados sem falar, apenas sentindo um ao outro até dormimos. Quando acordei senti aquele braço forte  a me envolver.
(Bel Rech)

Um comentário:

Olhos nos olhos -Parte do Reencontro

Imagem Google -Não sei se quero sofrer de novo. Agora estou saindo de sua cama, não tenho muito que pensar. Preciso que me dê...