Todo este tempo que fiquei sob a
anestesia do amor,
 me senti eufórica e tremendamente
 poderosa...
essa foi a melhor palavra que escrevi,
 pois desta maneira acreditava estar.
Amei como uma louca, fugi pela janela,
 gritei para o mundo
 e sorri para a felicidade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Blogagem Coletiva 5ª Fase - Reintegração

Poema à boca fechada