Blogagem Coletiva-Fases da Vida-Maturidade

Quando eu amadureci...


Proposta

Eu casei com 23 anos, com uma pessoa que namorei um fim de semana e na segunda fui pedida em casamento e aceitei no ato.
Loucura?! Sim, pois fui viver em outro país completamente desconhecido, idioma ,cultura e um futuro esposo para conhecer.
Sei que poderia contar lá na minha juventude, mas deixei para esta fase, pois onde acreditei que iria amadurecer logo.
O que na realidade não foi,só fui compreender isso aos quase 40 anos...
Estamos casados a 18 anos , tivemos crises, mas todas financeiras e nenhuma de ciúmes e algo parecido.Nosso relacionamento sempre foi baseado na confiança.
Diálogo por parte dele, não minha, mas como a gente vai se ajeitando nos caminhos, aprendi com ele, essa parte.(Ex-seminarista, um ponto à meu favor).Temos dois filhos que me completam e me ensinam muito.

Fiz de tudo para me encontrar na profissão, nos cursos e nos estudos, nenhuma foi bem o que estava buscando.Acho que já fiz de tudo um pouco...Ainda não me encontrei totalmente!
Na parte da profissão falta algo,vou descobrir.
De uma certeza eu tenho, na maturidade espiritual já me encontrei e estou amadurecida na fé.Amo o que faço e para quem faço, descobri muito depois que fizemos o Encontro de Casais com Cristo.
Somos um mistério, pois cada dia me conheço mais e vai contribuindo para melhorar meu comportamento.
Não mudei de uma hora para outra, fui lapidada aos poucos e falta muito.
Penso que nossa maturidade não é somente casar, ter uma profissão definida, ter filhos bem encaminhados, mas estar em sintonia com tudo aquilo que gostamos de fazer e que acreditamos que somos capazes de realizar e deixar que Deus nos leve para caminhos do bem.
De poder cair e levantar e aprender com tudo aquilo que chegou até nós, por escolha ou opção.
Tudo isso que fiz, talvez tivesse sido loucura, mas a bagagem e o conhecimento que tenho, ninguém poderá me tirar, é um pouco do que eu amadureci...

"Sua maturidade começa a crescer quando você começa a perceber quando
 sua preocupação com os outros é maior que com si mesmo."
(John MacNaughton)






Comentários

  1. Bel,

    Sua maturidade foi linda. Você construiu sua casa em terreno firme.
    Acho que muitos não se realizam profissinalmente. Eu sinto a mesma coisa, mas acho que sempre me realizo um pouco em cada uma.
    Fiquei feliz em saber que as meias chegaram. Ainda bem que o frio esperoi. Rs
    Tenha um lindo dia;
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Bel!
    É isto mesmo, a maturidade não necessariamente está associada a uma idade. O que você cresceu com seu autoconhecimento e viagem a dois foi surpreendente. Construiram muito e isto é maturação. Parabéns, belo texto!

    Beijão e uma linda semana!

    ResponderExcluir
  3. Bel,
    Poucos têm a ousadia de tomar uma atitude como você tomou. A juventude tem dessas coisas!
    O bacana é que está dando certo, até porque você foi mudando.
    Penso que nossa vida é uma incessante busca, estagnar, jamais!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Que bacana Bel!
    Já sabia que tinha s casado com um seminarista.
    Mas namorar dois dias e casar no outro foi um salto no escuro!
    Já conhecias ele?
    E a maturidade realmente não está no casamento ou no fato de ter filhos.
    Minha enteada tem 21 anos, dois filhos e pela 4ª vez vai se dar mal. Ela ama o pai das crianças. Já foi casada com ele e abandonada 3 vezes. E agora está voltando...um erro!
    Sinal de maturidade? Está muito longe...
    bjos Bel um bom domingo

    ResponderExcluir
  5. Creio que a chamada maturidade reside em situações e não apenas numa idade cronológica.Vejo na tua ousadia um sinal de escolha madura, que enfrenta as possíveis dificuldades que podem surgir e avança por objetivos de vida maiores.
    Cada história dessa blogagem compõe páginas recheadas de testemunhos tocantes de vida e superação.
    Seguimos na maturidade, Bel, pois sempre aprendemos com a vida.
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
  6. Bel, em comum da maioria das participações é quebrar essa ideia de que a maturidade é uma fase onde já decidimos tudo, já escolhemos um caminho e não podemos voltar atrás. Vi nesta fase mudanças, incertezas, buscas, como a sua. Aprendo muito! Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá, querida
    Estou com um problemão e vou voltar, com calma... Ore por mim!!! Bjm e fique com Deus!!!

    ResponderExcluir
  8. Olá, Bel!Um começo emocionante para uma linda história de vida. Concordo inteiramente contigo em que a maturidade é uma coisa interior e não de regras pré-definidas pela sociedade. Gostei muito da tua mensagem e cada pessoa compõe com folhas lindas uma árvore de vida que está a crescer com esta colectiva.
    Beijinhos lusos

    ResponderExcluir
  9. Olá Bel, parabéns pela participação, lindo texto.Abraço fraterno em seu coração...

    ResponderExcluir
  10. nooooossa, que historia!! eu criei mais um blog, quando puder, faça uma visita. E quando puder de novo, faça outra rsrsr Beijos

    http://anacristina-casas1980.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. bBel, obrigada pela visita....gostei muito do seu texto....bjs

    ResponderExcluir
  12. Bel, amadurecer é isso, se abrir ao outro, é se dar sem reservas nem esperar recompensa, é saber menos que o outro para aprender mais.
    Linda sua participação na blogagem...
    Grande abraço! Boa semana!!

    ResponderExcluir
  13. Bel querida,

    Como me ví na sua história, temos alguns pontos em comum: Este companheirismo e afinidade com seu marido e do quanto ele te auxiliou em sua transformação, e no lado profissional aonde eu também já fiz de tudo que você possa imaginar, mas também não me encontrei totalmente.
    Agora quanto ao seu casamento tão rápido, acredito que quando existem pessoas e situações que já estão predestinadas a estarem no nosso caminho, o Universo já está conspirando ao nosso favor.....e tudo já flui naturalmente.
    Aos olhos de muitas pessoas, a incompreensão de algumas atitudes reinam absolutas, mas você seguiu sua intuição e seu coração.
    E quando acreditamos no Poder do invisível deixando nossa vida aberta para que Deus possa comandá-la, não existe erro....tudo vem de forma natural ás nossas mãos.
    Muito emocionante sua história e uma grande lição de vida.

    Um grande beijo em seu coração!!!


    p.s.= Estou um pouco sumida porque neste mês de Julho minhas crianças estão de férias e estou passando mais tempo com eles, portanto, estou entrando menos na internet, mas quando eu entrar venho te visitar.
    Beijosssss

    ResponderExcluir
  14. Realmente tua maturidade chegou através das tuas conquistas sendo assim podes dizer que alcançasses teus obejetivos,beijos

    ResponderExcluir
  15. Bel,
    quero parabenizá-la pelo casamento de 18 anos!
    Nossa! que sonho!

    Apesar de me ter divorciado, acredite que meu sonho foi sempre amar alguém para todo o sempre. Tal e qual como falamos na igreja: Até que a morte nos separe.

    Mas infelizmente eu e meu ex-marido não amadurecemos ao mesmo tempo. Aliás, ele ainda é imaturo, só quer muita diversão, ostentação, tudo o que faz é inconsequente... Tento ajudá-lo a evoluir espiritualmente mas ele pensa que o caminho da evolução é através da riqueza, do aproveitar a vida sem consciência do mal que faz a si próprio e aos que lhe são próximo.

    Apesar de separados, a amizade ainda perdura. Quero-lhe muito bem, por isso o ajudo.
    Beijinhos querida.
    Rute

    ResponderExcluir
  16. Amiga, desculpe-me pelo atraso na visita... você foi muito corajosa no ínicio de seu relacionamento, casar, mudar, desbravar...que bom que deu certo!
    E com certeza profissionalmente você ainda irá se encontrar, pois és nova ainda e sempre é tempo!
    Agradeço de coração a visita!
    Bjuss!!!

    ResponderExcluir
  17. Olá, querida
    No dia de hoje, espero encontrá-la assim:

    "Aquecida em ternos orvalhos de fina luz". (Mari Bózoli)

    Amiga, demorei muito por motivo alheio a mninha vontade... sei que me compreenderá...
    Seu post está rico e com sinceridade de coração... isso é o que conta... falou do que viveu...
    Sua experiência espiritual,na certa, foi de grande valia... um tesouro, certamente!!!

    E, quando retornar, no próximo mês, esteja perfumada:

    " Flores orvalhadas nas manhãs,
    banhadas pelo sereno do entardecer,
    carregadas de fragrâncias exóticas ou não,pálidas como a neve ou rubras de emoção". (Meliss)

    Bjs de paz e boas férias de meio de ano com tudo o que vc se sentir com direito... também estarei de férias até o início do mês com post programado alguns...

    ResponderExcluir
  18. Oi Bel.
    Vim agradecer sua visita e fiquei conhecendo um pouquinho mais de vc. Bom Princípio é a terra dos seminaristas, eu fui em algumas ordenações aí, Paulo Pull, os gemeos Ledur, (ñ sei se se escreve assim), e outros. Eu tbm fui encontrista, trabalhei 20 anos na igreja éramos o casal 20, palestrante pra tudo, foi uma época boa, hoje sou divorciada, uma longa história. Mas estou bem, ñ sinto falta deste tempo,penso que fiz o que era a hora de fazer, agora a hora é outra. A vida tem muitos caminhos. Um abraço.

    ResponderExcluir
  19. Maturidade? Talvez seja isto!

    A mulher ideal pode não ser a mais brilhante e eloquente, a que nos jura a paixão mais avassaladora ou nos diz que nunca se sentiu assim.
    A mulher ideal é aquela para quem também somos o homem ideal. É simples. Às vezes demasiado simples para as pessoas perceberem.

    O que transforma uma mulher na nossa “ Cinderela “ é ela querer ser a mulher da nossa vida.
    Podem ser românticas ou pragmáticas, mas têm sempre um gesto, uma atenção e nunca se atrasam, porque sabem sempre como mostrar o seu amor. É claro que não aparece sob um golpe de magia, ela vai-se fabricando aos nossos olhos, construindo dia após dia a imagem da pessoa que sonhámos ver ao nosso lado.

    A nossa Cinderela é a mulher que nos tapa os ombros com o lençol a meio da noite quando temos frio e se levanta às três da manhã para nos fazer um chá de limão quando ficamos doentes. É aquela pessoa que tem sempre tempo para os nossos problemas. Não é a que diz ‘amo-te’ vinte vezes por dia, mas a que sente que nos quer amar nos próximos 20 anos. É alguém que olha todos os dias para nós.
    Que tem paciência para os
    aturar.

    É uma “ Rainha “ porque governa um reino, porque sabe dar e partilhar, porque ajuda, apoia e nos faz sentir que somos mesmo importantes.

    Ass: Mário

    ResponderExcluir
  20. Bel, q coragem vc teve em casar com tão pouco tempo de conhecimento, mas vc tem razão quando diz q vamos nos conhecendo aos poucos, com o tempo. Sorte q vc se dá bem com seu marido. É importante q estejamos sempre aberto a novas conquistas e aprendizados. Muita paz!

    ResponderExcluir
  21. Tanto tempo juntos é porque deu certo.Parabéns pela luta!!Bjsssssssssssss

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Blogagem Coletiva 5ª Fase - Reintegração

Poema à boca fechada