sexta-feira, 1 de julho de 2011

Silêncio com as palavras

                                                         Imagem do Google


Como é difícil manter-se fiel aquilo que acreditamos e queremos fazer. Tive uma experiência com pessoas das quais gosto, mas não gosto da forma como usam as palavras em relação aos demais.
E por mais que a gente diga delicadamente que não é de bom tom falar mal de alguém, pois vem ao nosso encontro mais cedo ou mais tarde.
Tarda, mas não falha.
Eu estou escutando, mas não ouvindo...
Tento deixar que coloque tudo para fora, mas eu não consigo ficar calada diante de tanta injustiça.
Eu não gosto de fazer comentários de pessoas que não conheço, nem o suficiente e nem  quem conheço demasiadamente.
O que sempre alerto para essas situações, é que devemos ter certeza daquilo que estamos falando e por que tanta maldade nas palavras, quanta satisfação de falar assim.
E cidade pequena, é pior estão situações.
Tento sempre me colocar no lugar de quem está sendo "esfaqueada” pelas costas, a pessoa não tem como defender-se, pois não está ali  e tampouco alguém falaria na sua frente.
Penso que as pessoas que fazem desta maneira (não que eu não comente nada de ninguém... não sou perfeita!), mas contesto a maldade em si.
Mesmo assim tenho consciência que não se pode falar ou acusar ninguém sem provas...
Cada dia para mim é uma renovação neste sentido para que eu possa me melhorar como uma pessoa tentando acreditar que tudo pode ser modificado desde que tenhamos convicção que muitas pessoas e eu incluída possamos ser luz para outras tantas que precisam de nosso apoio e consideração.








15 comentários:

  1. Corretíssima, tremendamente certa. Por vezes, eu esqueço de me policiar e quando percebo já estou pronta a falar, mas o Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador vem em meu auxílio. Agora há dias que ele deve estar socorrendo outrem e aí ..... Tenha Bel, um belo fim de semana!

    ResponderExcluir
  2. Menina, grata pelo carinho e visita...
    Linda sua postagem! Sim! Que possamos aprender a não julgar e nos colocarmos sempre que preciso e possível no lugar do outro.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Oi, Bel,

    Há muita sabedoria neste texto e a gente deve mesmo refletir no que é dito nele!

    Beijocas e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  4. Olá cheguei aqui tarvés do blog da Eliane. Gostei muito do seu texto - melhor! - das sua concepção. Às vzs acabo por falar mal de alguém pelas costas, principalmente quando estou magoada ou chateada, pessoas das quais conheço, não vou ser hipócrita em dizer que não faço, mas é algo que estou mudando e policiando. Tenho guardado comigo os dizeres do filósofo: Deus te deu uma língua e dois ouvidos: para ouvir mais e falar menos. Mordo minha língua e tenho conseguido me policiar bastante dessa maneira. :)

    A gente vai evoluindo a medida que temos a compreensão do errado.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. É dificíl mesmo tanto não falar como não ouvir. Sabe que na cidade não é muito diferente, eu especialmente morro em condominio então é complicado por que as pessoas acompanham tudo, sai, entra, leva, busca. Fui um dia na padaria e comprei pão de forma, presunto e queijo a atendente falou pra min esse queijo é bom para fazer isso. Perguntei: "Isso o que". Ela respondeu: "Misto-quente". Muito engraçado por que não tinha nem pensado em misto-quente, comprei o pão por que o meu filho só come pão de forma e o presunto e queijo para fazer panqueca, mas fiquei impressionada como as pessoas tiram conclusões da vida alheia sem saber. Bjs Eliane

    ResponderExcluir
  6. Bel, Deus nos deu 2 ouvidos e 1 só boca, para q pudéssemos ouvir mais do q falar. Mas imperfeito q somos, fazemos ao contrário. Nosso falar é carregado de energia, portanto, como vc disse, volta para nós e muitas vezes nos faz mal. Precisamos nos exercitar em falar menos e ouvir mais. Muita paz!

    ResponderExcluir
  7. Bel, qdo estamos ocupados em crescer, com a nossa vida e em ajudar o próximo, acaba não havendo espaço para julgamento.A cidade que morei antes de Jacksonville era fofoca pura.Parecia até que as pessoas não tinham vida.Eu até escrevi um post sobre isso, falando sobre a falta de bom senso das pessoas...

    Outra coisa que descobri foi que se hj fulano fala de silcrano, amanhã vai falar de mim tb na certa.

    Agora se a pessoa já tratou com o ofensor, já resolveu e está só relatando a solução, aí não tem problema nenhum.

    Bjus

    ResponderExcluir
  8. é o caso de passar pelas 3 peneiras...

    bjos e bom domingo

    ResponderExcluir
  9. È uma triste constatação, Bel.Encontramos mais pessoas dispostas em agredir e caluniar, do que em compreender ou mesmo abster-se de emitir juízo de valor a respeito de quem quer que seja.
    Há, que a humanidade percorrer longo caminho de auto-contrição e saber-se tão defeituosa como os que critica.Mudam os deslizes ( falo dos brandos) mas as ocorrências não são muito diferentes.
    Bem lembrado.
    Bjos mil,
    Calu

    ResponderExcluir
  10. Belas palavras, podemos fazer nossa parte, mas lembra náo podemos mudar o mundo...beijoi Lisette.

    ResponderExcluir
  11. Bel!

    Hoje Quero Agradecer

    Através dessa mensagem, quero lhe agradecer, por estar sempre presente mesmo estando ausente daqui.

    E quero que saiba que pessoas tão especiais como você estão sempre prontas para fortalecer a união fraterna.
    Eu procuro olhar dentro dos corações das pessoas, porque sabemos que é de lá que extraímos o que temos de melhor.

    Obrigado por sua atenção e pelo carinho dedicado.
    Tudo o que fazemos pensando em ajudar ao próximo, pela própria lei da natureza, nos é devolvido em dobro.
    Só entendemos direito o milagre da vida quando deixamos que o inesperado aconteça.

    Que o Universo te cubra de bênçãos e seja sempre muito feliz.

    Muito obrigado!

    beijooo.

    ResponderExcluir
  12. Pois é menina...há pessoas que têm coceira na língua..rs.bjs e que Deus te abençoe e aos teus.

    ResponderExcluir
  13. Diz um ditado que "se o que tens a falar não for melhor que o silêncio, cala-te".

    Querida, que bom ter a sua presença no meu novo cantinho!
    Paz e bênçãos!

    ResponderExcluir
  14. Olá!!!
    ótima reflexão, precisamos nos policiar sempre pra não cair nesta armadilha de dizer tudo que pensa. Se não for pra construir é melhor calar. E o nosso frio está demaissss por aqui, acredito que por aí tbm. Uma boa semana. Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Bel...
    como nossa língua é imperfeita...
    achamos feio quem fala dos outros mas quando paramos pra nos observar, estamos tambem criticando.
    Isso é muito sério, vira um vício.
    Obrigada Bel.
    beijos.

    ResponderExcluir

De volta

Amigos... Desde Dezembro, tanta coisa aconteceu...Minha vida deu 360º , mas se estou feliz? Estou em paz, leve e solta...(não no sentido...