Quando nossos olhos se encontraram




Imagem do Google

Não foi por acaso aquela tarde de domingo... quando meus olhos vagavam sem pretensão nenhuma e encontraram seu olhar negro à observar meu passeio displicente.
Quando nossos olhos se encontraram, ficamos ali sem noção do tempo que levou.
As nuvens pararam, não havia mais nenhum ruído... apenas seu olhar de encontro ao meu.
Foi uma entrega total de sentimento, de coração, de alma.
Foi o encontro mais verdadeiro que tive com você, ali nos entregamos sem reservas, pois não poderíamos mentir em um encontro tão claro e tão apaixonante. Não tivemos tempo de desviar nosso olhar e no olhar não há mentira...
Mas quando nossos olhos não se encontraram mais, senti que ali meu mundo tinha se acabado.
Pois nunca mais o encontrei vagando por aí.

Comentários

  1. Bel,é mesmo verdade que um olhar fala mais do que palavras!Muito sensivel,apaixonada e inspirada sua poesia!Bjs,

    ResponderExcluir
  2. Bel, vim lhe agradecer o carinho com a minha mãe. Depois de 11 dias no hospital, felizmente ela já está em casa. Ainda não está totalmente recuperada, mas vai indo devagarinho.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá, querida
    Essa entrega TOTAL só pode ser AMOR...
    Excelente Domingo
    Bjm de paz

    ResponderExcluir
  4. Me arrepiei toda. Tem brincadeira lá no blog passa lá, beijinhos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Blogagem Coletiva 5ª Fase - Reintegração

Poema à boca fechada