terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Complicado

Imagem do Google

Tudo o que gostaria de dizer e não posso.
Tudo que poderia sentir e não consigo.
Tudo o que não poderia provocar sofrimento, causo.
Tudo que poderia resolver e está longe do meu alcance.
Por que complicamos?
Porque aquilo que sentimos não pode ser atirado sem melodramas, sem cuidados?
Por mais que procuramos ser o mais transparente, não é possível ver nítido.
Tudo tem um “não sei o quê" de responsabilidade, de magoar de fazer sofrer, mas é o que a gente sente.
Não existe motivo para esconder?
Sempre haverá algo que faça guardar as palavras, fazer trocadilhos, trocar posições, amenizar e aguentar.
Buscar palavras certas, buscar aquilo que já não existe mais, tentar confortar e não sentir-se culpada.
Infelizmente ou felizmente aprendemos a ser contidos em determinados casos, mas por outro lado nos culpamos por não sermos mais abertos e fugir dos padrões que nos exigem educação, sensibilidade e guardar para nós aquilo que não gostaríamos que fizéssemos para nós.
Sábias palavras!
Complicado por aí?
Imaginem por aqui...

9 comentários:

  1. Olá, querida Bel
    Buscar palavras certas, buscar aquilo que já não existe mais, tentar confortar e não sentir-se culpada.
    Estou, neste momento da minha vida, falando isso pra mim mesma... o tempo todo...
    Imagino como vc tá aí sim... e vc como eu estou aqui, pelo visto...
    Bjm de paz e alegria

    ResponderExcluir
  2. O belo texto por ti desenhado, o próprio título definiu as palavras. Parabéns!
    Abração.

    ResponderExcluir
  3. Belo texto, Bel!!!
    Sempre digo que viver é fácil, conviver é que é difícil...
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Fiz um post parecido essa semana, sobre como gostamos de complicar as coisa. Concordo com vc nesse aspecto. Mudando de assunto, vc poderia votar em mim no concurso de melhores blogs de 2011? é nesse site: http://aventar.eu/blogs-do-ano-2011/ é só votar em Diarios de bordo na sessão que tb se chama Diarios de Bordo. beijos e muito obrigada!

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Preparei uma pequena homenagem para os Blogs que interagem com o: A arte da vida. No poema: Blogando na janela, parte dos versos é formada pelo nome de “janelas” amigas. Confira. Seu Blog está lá.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  6. Creio que em momentos assim, a melhor conselheira é a nossa consciência unida ao nosso coração.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Achei linnndoooo... parabens...

    bjs
    Naty
    http://educandoocoracao.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. É urgente descomplicar...mas eu sei, não é fácil!

    Beijosssssssssss

    ResponderExcluir
  9. As vezes temos palavras escondidas, mas a falta de coragem não as deixam sair do esconderijo.

    BEijos

    ResponderExcluir