sexta-feira, 30 de março de 2012

Do amor que vivi

Imagem do Google

Sinto falta de nossos encontros escondidos,das trocas de olhares, do beijo roubado.Do amor que aconteceu sem a ilusão que era para sempre.
Da proteção do seu abraço, me sentia segura e confortada.Do amor que não exigia, simplesmente existia.
Destes acontecimentos trago a sensibilidade do seu carinho. O motivo maior de uma paixão, o encontro de almas que se apaixonam até mesmo nos sonhos.
De segurar sua mão e deixar-me levar por situações que não entendia, mas absorvia.
Que tudo é possível quando podemos escutar a voz do coração.
Que cada dia é uma nova experiência de descobrimento do amor, da necessidade de estar junto.
Descobri que seu amor me fez crescer, que podia superar o ciúme e aumentar minha confiança.
Que a saudade dos momentos vividos , não trará o tempo, mas lembranças de um tempo que passou, mas que vivi intensamente.

2 comentários:

  1. Um amor assim é mágico.
    Ainda existe?
    Se sabes onde ou já tens contigo não permita que se afaste de teu coração.
    bjos

    ResponderExcluir
  2. Quanta sensibilidade,nesta página tão bem escrita, poeta! Abraços.

    ResponderExcluir

De volta

Amigos... Desde Dezembro, tanta coisa aconteceu...Minha vida deu 360º , mas se estou feliz? Estou em paz, leve e solta...(não no sentido...