Coração partido



Imagem via tumblr

Gostaria de abrir as portas e janelas do meu coração e deixar entrar o ar para renovar o que está dentro de mim.
Algo impede, algo me aprisiona...
Não sei como expor tantos sentimentos embaralhados pelo tempo.
Tempo este que não mais voltará e que não trará meu sorriso aberto e espontâneo.
O que me deixou assim?
Marcas de um amor mal cicatrizado, revolta por não ter sido com quem eu queria e como eu queria?
A gente tenta disfarçar, esconder o que vai no coração.Mas lá dentro ele está pulsando e machucando.
Não há nada que possa desfazer, não há nada que possa remendar.
O amor é tudo e ao mesmo tempo nada.
Se o temos é o infinito, se não o temos como deveria ser, ele vai te matando aos poucos.
Acaba com teus sonhos, com teus desejos.
Se pudesse abrir de verdade para que o ar e o sol entrasse e levasse tudo  o que ficou guardado por tantos anos.
Sim eu teria um pouco de paz, teria uma verdadeira chance de sorrir novamente com o mesmo brilho daquele tempo que não volta mais....

Por Bel Rech

Comentários

  1. Faço minhas as suas palavras. Tudo isso e mais um pouco. Muito bom.

    ResponderExcluir
  2. Oi Bel, bom dia!
    Alguma situação vivida?
    Passando para deixar o meu alô, beijos e Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
  3. Oi Bel!
    Não é nada fácil conviver com estas situações mal resolvidas. O tempo não pode voltar atrás e o melhor a fazer é buscar uma maneira de tornar o presente mais saudável. É difícil, mas não impossível!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Blogagem Coletiva 5ª Fase - Reintegração

Poema à boca fechada