segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Estou a minha procura

Ando a procura da descoberta do meu ser interior, as vezes ansioso para ser descoberto, outras vezes em total contradição.
Nas ondas agitadas do meu interior, tento navegar em mares calmos, mas a tristeza me abate em algumas turbulências violentas.
Neste momento me sinto uma criança desamparada, uma adolescente em constante transformação e uma adulta em fase de amadurecimento que ainda procura diversos mares para permanecer em um porto mais que seguro.
Então essa procura não esta fora de minha rota, distante quem sabe, mas se encontra no mais seguro de minha "ALMA", onde posso ter todas as respostas que procuro para criar vínculos de coragem, confiança e constância.
Essa atitude de buscar-me, faz com que eu conheça-me e me abra para um encontro e sintonize meu pequeno mundo que é meu "EU".
Isso me torna mais confiante para que minhas paradas em qualquer porto sejam asseguradas de um retorno com segurança e onde quer que eu vá eu possa acrescentar mais sabedoria para andar por mares desconhecidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

De volta

Amigos... Desde Dezembro, tanta coisa aconteceu...Minha vida deu 360º , mas se estou feliz? Estou em paz, leve e solta...(não no sentido...