segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

E se...

se tudo fosse diferente daquilo que um dia pensamos.E se eu não tivesse terminado e se não tivesse fugido.
E se...
Se analisarmos bem a situação de nossa vida, ou daquilo que um dia deixamos para trás não tivesse um se, seria também mas fácil de considerar a probabilidade de que tudo poderia ter sido bem diferente daquilo que imaginamos hoje.
É complicado colocar esse se em algum momento de nossa história.Mas é perfeitamente aceitável, porque assim tivemos chance de ter sido parte de alguém ou ter sido a parte em si.
De uma coisa eu tenho certeza se eu não tivesse feito o que fiz eu não estaria aqui, se eu não tivesse arriscado eu também não teria aprendido, se eu não acreditei em minhas potencialidades eu jamais teria começado algo, se eu não busquei este amor, eu não teria conhecido você!
Assim é nossa vida, rodeada de se...
Se eu não acreditasse, nunca teria tempo para  o amor!

2 comentários:

  1. Oi Bel,

    Se eu não tivesse lido seu comentário lá no O Sabe tudo, não teria encontrado seu blog.

    Se não gostasse de seu texto, não comentaria aqui.

    Como me pós-graduei em Matemática, descobri que o Se atrapalha muito quando usado com sentido de incerteza, insegurança.

    Escreve o poema desse link num devaneio.

    ResponderExcluir
  2. Olá, José..obrigado pelo comentário...Não entendi a tua última colocação..Abraço

    ResponderExcluir

Olhos nos olhos -Parte do Reencontro

Imagem Google -Não sei se quero sofrer de novo. Agora estou saindo de sua cama, não tenho muito que pensar. Preciso que me dê...