Que seria de mim sem você?

É uma pergunta que sempre faço quando estou ao seu lado, já dormiu e eu estou à pensar...Me bate uma tristeza, tento não pensar.
Sei-lá é como não quisesse sair do meu pensamento...coisas estranhas.
Porque tenho que pensar nisso, não importa, nada vai acontecer, nada aconteceu...é meu pensamento é que está em órbita, fazendo perguntas que não quero responder e pouco me interessam.
Êta... coisa difícil de entender, quando não se quer pensar e fica lá te atormentando.
Tento colocar no meu pensamento somente coisas boas de nós dois, onde fomos, o que fizemos, doces lembranças que passaram , mas tem um secretinho só nosso.
De uma coisa eu tenho certeza, não saberia o que fazer não, pois é o meu porto seguro, sempre que preciso é com você que conto e ninguém mais.Se todos pudessem se entender desta maneira, onde não há segredos ou máscaras.Onde nos entendemos sem falar.
Não saberia mesmo o que fazer!
Só quero dizer que faz parte de mim, isso é o que importa...



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Blogagem Coletiva 5ª Fase - Reintegração

Poema à boca fechada