Buscando te encontrar



12 de Outubro de 1987

São 1h30minhs da tarde e estou morrendo de saudades, antes de começar a escrever eu estava deitado abraçado no travesseiro e pensando porque não é ela que está comigo.
Sabe Gata que eu almocei e saí andando por aí tentando te ver, cheguei ontem de fora com uma saudade tão grande que cada pessoa que eu via na rua parecia ser você.
Tentei te ver, mas não deu só me restou pensar em ti, não vejo à hora de falar contigo.
Te adoro muito.
Gostaria muito de saber se tu estas bem, se está com saudades ou não.”

Anjo

Comentários

  1. Oi Bel
    Voltar num tempo assim, é sempre bom demais. não é mesmo?
    De certa forma, apesar da dureza da vida (de vez em quando)todos temos doces momentos para recordar.
    Boa semana,
    Beijos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Blogagem Coletiva 5ª Fase - Reintegração

Poema à boca fechada