sexta-feira, 9 de setembro de 2011

No silêncio dos meus pensamentos

Imagem do Google
Ás vezes é preciso ouvir os pensamentos para um encontro de um profundo silêncio.
É como deixasse os pensamentos sairem e entrar no nada e não perceber que está dentro deles ou não.
O nada não pensa, não age,não associa, simplesmente está vazio...
Passa-se alguns minutos e é como se muito tempo estivesse dentro deste silêncio.
É estranho passar por isso e ao mesmo tempo pensar nisso, pois não temos uma definição concreta do que aconteceu, se o que aconteceu é real ou irreal.
Este silêncio, faz com que os pensamentos naveguem por lugares desconhecidos, se voltam eu não tenho certeza, mas acredito que trazem novos rumos, novas ideias...
Trazem a vontade de um recomeço que desconheço, mas que atrai o desafio.
Ouvir os  pensamentos é muito estranho.
Acontece alguma vez na vida.
Silêncio da alma, da razão, da emoção e de coração.
Silêncio que preciso.

11 comentários:

  1. Bel,, que profundo o seu silêncio e até dá-me vontade de ficar só aqui em casa e no silêncio auscultar o meu silêncio. Você fez um convite:
    "Ás vezes é preciso ouvir os pensamentos para um encontro de um profundo silêncio". Seu texto também evocou Gilberto Gil, cantando agora o tempo todo, de memória: " Se eu quiser falar com Deus". Também não sei o porque. Beijos e iluminado fim de semana!

    ResponderExcluir
  2. Ah! Esqueci isso: foto é belíssima, com tão fartos cílios e pestanas.

    ResponderExcluir
  3. Oi Bel
    Obrigada por sua visita e carinho. Beijos no coração

    ResponderExcluir
  4. Lindo,Bel e esses silêncio é mesmo preciso! beijos,ótimo fds,chica

    ResponderExcluir
  5. Bel,
    a Clarissa Éstes, do livro Mulheres que correm com Lobos, define muito bem a necessidade do silêncio.Não constante, não diuturno, mas ocasional,ao menos,minutos todos os dias em que possamos nos deleitar com a vibração que dele emana.È no silêncio que surgiram obras incomparáveis.Beethoven é prova disso.
    Que teu silêncio lhe diga bastante.
    Muitos bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  6. Bel, eu sou assim também.
    Preciso tanto de silêncio, nem que seja uma vez por semana, mas necessito ficar só comigo mesma para concatenar melhor meus pensamentos.
    Aliás, este é um ótimo exercício que todos nós devíamos cultivar.
    bjs cariocas e bom fimdi!

    ResponderExcluir
  7. No silêncio do quarto, fiquei aqui meditando sobre a sua reflexão... Às vezes precisamos disso.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Bel,
    perfeito!
    É no silêncio que melhor ouvimos as ondas da certeza bater contra os rochedos da incerteza nos quais pisamos.
    Você doma as palavras com o coração, isso é encantador.

    ResponderExcluir
  9. Eu sempre fui muito de falar... ultimamente eu ando preferindo calar apenas. Estou nessa fase de introspecção e silêncio, tem sido um árduo exercício, mas também tem sido revelador. O silêncio às vezes fala mais do que mil palavras, e magoa também...
    Muitas visões sobre um mesmo tema.

    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  10. Oi, Bel!

    Silenciar a razão, as emoções, a alma, e os pensamentos, é ir ao encontro de si mesma. É nessa busca que nos deparamos com o nosso EU interior, e procuramos reajustar tudo aquilo que não nos satisfaz, e dar novos rumos a nossa vida. O silêncio é importante e necessário.

    Beijos
    Socorro Melo

    ResponderExcluir
  11. Já estou seguindo seu blog pelo Google friend conect, tem um belo conteúdo, convido a conhecer meu blog: http://profeciasoapiceem2036.blogspot.com/ e também seguir-me pelo Google friend. Abraço

    ResponderExcluir