Seu beijo

Reencontro
Imagem via tumblr


O ruído da festa foi sumindo aos poucos, meus lábios se abriram levemente e senti um sorriso meio torto e sem chances. Fechei os olhos e deixei que o movimento de seus lábios me enlouquecesse. Apertei de encontro ao meu corpo em uma entrega sem volta e deixei que meus sonhos mais doces e mais adolescentes tomassem conta de mim.

Seu hálito me deixa  tonta, seus lábios se moviam com uma fome e uma força esmagadora antes desconhecida e seu abraço me deixava sem ar. De repente parou e falou baixinho no meu ouvido mordiscando minha orelha.

-Precisamos sair daqui, agora!


Saímos como dois adolescentes, fugindo sem que ninguém percebesse nossa fuga. Entrei em seu carro e partimos para seu apartamento.

Continua...


(Bel Rech)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Blogagem Coletiva 5ª Fase - Reintegração

Poema à boca fechada